Peavey T-40 (T40)

O Peavey T-40 é um dos instrumentos que mais me chama a atenção. Lançado no fim dos anos 70 e perdurando até o meio de 80, tem um design muito interessante além de timbres variados mesmo com eletrônica passiva. Possivelmente foi um dos primeiros instrumentos à utilizar a tecnologia CNC (Controle Numérico Computadorizado). Hoje, cortar instrumentos nestas máquinas é o padrão da indústria, mas naquela época era novidade.

O baixo é construído como um tanque. As ferragens são robustas com destaque para a ponte que tem muita massa.  No geral, o baixo é muito interessante pelo valor que é oferecido. De ruim, traz um peso exagerado, mas isso vai ser comentado mais abaixo.

Tocabilidade

Peavey T-40

Peavey T-40

A primeira coisa que precisa ser dita, que o baixo é muito pesado. Depois de algum tempo, se não tiver uma correia e coluna boa, ele cansa. Fora o peso, ele se ajusta bem ao corpo, não tem neck dive e o braço é confortável, embora não seja tão fino, tem uma espessura bem confortável.

Eletrônica e Captação

A eletrônica passiva combinada com dois humbuckers que se transformam em single coils é o grande atrativo do contrabaixo. São inúmeras as combinações de timbres que podem lembrar outros instrumentos mais famosos e ainda assim manter uma autenticidade.

Existe uma chave para seleção de captador e outra chave para seleção de fase, volume independente para cada um deles e controles de tonalidade independente. A variação de tonalidade funciona com os humbckers de 1-7. Na posição de 7-10, os humbuckers se transformam em single coils. As combinações são as mais diversas.

Acabamento e construção

Bom, o instrumento que tive em mãos era de 1983. Quer dizer, foram 30 anos de serviços prestados. Os trastes já não estavam em toda sua vida mas o braço estava perfeito. Embora haviam algumas marcas pelo instrumento, não há dúvidas de um baixo bem acabado. A pintura, mesmo marcada, não cotinha falhas. A ponte, onde normalmente se apoia o braço continha algum descascado, mas dado o tempo, totalmente aceitável. Isso não influenciava em nada no funcionamento. Assim como as tarraxas que estavam perfeitas.

Headstock do Peavey T-40

Headstock do Peavey T-40

Especificações

  • Corpo em ash com acabamento em PU.
  • Braço em maple bilamidado já pré tensionados para evitar que torça ou empene.
  • A escala de 34″ também é maple.
  • Captadores humbuckers com lâminas (as primeiras versões não tinham a lâmina) que se transformam em single coil.
  • Circuito passivo com volume, tonalidade e fase. Os controles de tonalidade, também funcionam como ativadores de single coil.
  • Ferragens cromadas da própria Peavey.

Especificações completas com o manual de instruções do T40 e T60 (guitarra com características semelhantes ao T40). Existe também um fórum específico para o T 40, o The Peavey T-40 Bass Enthusiasts Forum.

Vídeo T40

Considerações

O T40 é um excelente contrabaixo. Para quem não está muito preocupado com ergonomia e gosta de uma variedade de timbres bem anos 80 é uma excelente aquisição. Para qualquer colecionador, creio ser peça chave. O custo do instrumento no Brasil varia. Já vi de R$2300 até R$4000. Por se tratar de um instrumento pouco visto no Brasil, o valor varia bastante. Lá fora, a média é dos 500 dólares.

Peavey T40
Design e acabamentowww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.com
O baixo, mesmo 30 anos bem usados, continua em bom sem grandes problemas
Timbrewww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.com
Baixo soa muito bem, com várias possibilidades de timbres com seus captadorse humbucker/single coils.
Tocabilidadewww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.com
O baixo é bem pesado.
Preçowww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.com
No Brasil varia bastante, mas se tomarmos o preço médio de U$500, é muito bom
Overallwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.comwww.dyerware.com
Vintage, americano e com excelentes timbres.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *